• Início
  • Press Releases
  • Saiba como aproveitar as promoções de final de ano sem cair em golpes financeiros 

Leitura de 3 min

Saiba como aproveitar as promoções de final de ano sem cair em golpes financeiros 

Especialista em cibersegurança do C6 Bank dá dicas sobre como fazer compras mais seguras

Atualizado em

Saiba como aproveitar as promoções de final de ano em segurança

Nos últimos meses do ano, as ofertas de Natal e Black Friday tomam conta do varejo. Com o aumento das compras, também crescem os golpes – principalmente virtuais. O chefe de cibersegurança do C6 Bank, José Luiz Santana, dá dicas de como se proteger nessas situações. 

“A maioria dos casos que temos conhecimento são os chamados golpes de ‘engenharia social’, ou seja, criminosos que tentam enganar pessoas para roubar o dinheiro ou dados sigilosos que podem dar acesso à conta bancária ou ao cartão de crédito da vítima, por exemplo”, afirma o especialista. 

Por isso, é importante ficar atento a e-mails e mensagens com anúncios de ofertas urgentes. Este é um recurso utilizado por golpistas para que o consumidor se empolgue com a oferta e não tenha tempo de perceber que, na verdade, trata-se de um golpe. Outra dica é não clicar em links duvidosos, principalmente aqueles enviados por autores desconhecidos, e preferir buscar a promoção por conta própria no site oficial da loja. 

Segundo Santana, vale desconfiar de ofertas que pareçam vantajosas demais. Ao se deparar com um preço muito mais baixo do que o usual, é recomendável comparar o preço em outros concorrentes e verificar se o site é mesmo da loja que diz ser.

“Na dúvida, não compre. É melhor deixar uma oportunidade passar do que cair em um golpe”, diz. 

Relacionadas:

Ao fazer compras online, a dica é sempre priorizar o cartão virtual e não o físico. O cartão virtual é mais seguro, pois a numeração ou o código de segurança são temporários, ou seja, só podem ser utilizados por um determinado período. Assim, se as informações caírem nas mãos erradas, os dados de compra estão protegidos.  

A senha do cartão é pessoal, intransferível e é a principal barreira de segurança para transações na conta, por isso, nunca deve ser compartilhada com terceiros, seja de forma online, seja pessoalmente.

Além disso, é preferível evitar redes de wi-fi públicas para fazer transações com o cartão ou acessar aplicativos de banco e não deixar as informações do cartão salvas no site ou no navegador.  

Após finalizar uma compra, também é importante acompanhar as etapas de confirmação junto ao banco. O C6 Bank, por exemplo, envia alertas para os clientes todas as vezes que uma compra ou transação é realizada. Caso uma compra não seja reconhecida, a orientação é entrar em contato com o banco imediatamente e cancelar o cartão. 

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.