Leitura de 7 min

Resumo semanal: Atividade global em ritmo lento

Confira as principais notícias da semana, segundo a avaliação da equipe econômica do C6 Bank

Atualizado em

Confira as principais notícias da semana (5/6-9/6), segundo a avaliação da equipe econômica do C6 Bank. Leia a íntegra do relatório.

Internacional

Estados Unidos: atividade perde força

O setor de serviços desacelerou. O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do Instituto ISM teve queda de 1,6 ponto para 50,3 em maio, sinalizando estabilidade. Os indicadores de atividade, demanda e emprego seguem abaixo de 50. Os preços caíram no mês, mas permanecem elevados.

A atividade na indústria segue fraca. O índice de pedidos à indústria do mês de abril, divulgado pelo Departamento do Comércio americano, registrou queda de 0,2% no núcleo (exclui transporte), com menor demanda para indústria.

Em relatório semanal, os pedidos iniciais de seguro-desemprego continuam em níveis baixos para padrões históricos, em 261 mil na semana encerrada em 3 de junho, 28 mil acima da semana anterior. Apesar do aumento na margem, os dados indicam que o mercado de trabalho segue forte.

Europa: economia contraiu no 1T23

A guerra entre Rússia e Ucrânia está no segundo ano. Mísseis russos continuam sendo lançados principalmente no leste e sul ucraniano. Uma explosão levou ao rompimento de uma grande represa no sul da Ucrânia, causando inundações e colocando em risco a refrigeração da usina nuclear de Zaporizhzhia. A autoria do acidente ainda é desconhecida. O conflito segue sem perspectiva de um fim próximo.

Preços das commodities energéticas seguem baixos. Entre os dias 1 e 8 de junho, o preço futuro do petróleo (Brent) subiu 2%, girando em torno de 75 dólares por barril. Em nossa visão, a atividade fraca, em razão de juros elevados, e a manutenção de um dólar em patamar forte, que tende a reduzir o preço em dólar de produtos cotados na moeda americana, devem evitar pressões adicionais no preço do petróleo. O preço do gás natural interrompeu a trajetória de queda e subiu no mesmo período, mas segue baixo. A commodity está quase 70% abaixo da média de janeiro de 2022 (pré-guerra), com fraca demanda, estoques elevados, maior importação de gás natural liquefeito e produção de energia alternativa por fontes renováveis. A menor pressão de preços de energia favorece as perspectivas de melhor crescimento na região.

O PIB do 1T23 teve contração de 0,1% em relação ao trimestre anterior, de acordo com a divulgação final do Eurostat. Na composição do índice, houve queda no consumo doméstico e nos gastos do governo e aumento nas exportações líquidas em razão de queda nas importações, todos sinalizando consumo fraco na região. Os investimentos em ativos fixos subiram com melhora no setor de construção.

A inflação ao produtor (PPI, na sigla em inglês) caiu 3,2% no mês de abril frente ao mês anterior, segundo o Eurostat. A queda foi a quarta consecutiva, puxada novamente por menor preço de energia (-10,1%). Em 12 meses, o PPI desacelerou para 1%, o que deve ajudar a diminuir pressão sobre os preços ao consumidor.

As vendas no varejo ficaram estáveis em abril frente ao mês anterior, segundo o Eurostat. Houve queda na venda de alimentos pelo terceiro mês seguido. A tendência tem sido de queda nas vendas no varejo desde meados de 2022, com a pressão inflacionária reduzindo o poder de compra.

China: balança comercial abaixo do esperado

A balança comercial teve superávit menor do que o esperado de 65,8 bilhões de dólares em maio, com queda forte nas exportações, que diminuíram mais que o esperado em diversas categorias e para as principais economias como Estados Unidos, Europa, Japão e Ásia Emergente. As importações também reduziram no mês, mas menos do que o esperado. Houve aumento nas importações de petróleo, cobre e minério de ferro.

A inflação segue baixa. O índice de preços ao consumidor (CPI) subiu 0,2% em maio frente ao mesmo mês do ano anterior, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas chinês (NBS, na sigla em inglês), mostrando que a demanda segue contida. O índice de preços ao produtor (PPI) teve queda de 4,6% no mesmo período, a oitava consecutiva, refletindo menor preço de commodities no mercado internacional.

Brasil

Focus: projeções de PIB sobem após divulgação do 1º trimestre

As projeções para o IPCA permaneceram estáveis para 2023 (de 5,71% para 5,69%), para 2024 (de 4,13% para 4,12%), para 2025 (4%) e para 2026 (4%). Os números esperados para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) subiram para 2023 (de 1,26% para 1,68%) – após a divulgação do PIB do 1º trimestre de 2023 -, porém não tiveram mudanças para 2024 (de 1,3% para 1,28%). A taxa Selic está em 12,5% para 2023, em 10% para 2024, em 9% para 2025 e em 9% para 2026. As projeções estão no Boletim Focus, relatório do Banco Central que reúne a expectativa das instituições financeiras em relação aos principais indicadores econômicos do país.

Inflação: IPCA surpreende, mas desinflação deve ser lenta

O IPCA de maio registrou alta de 0,23% – abaixo do que nós (0,34%) e o mercado (0,33%) esperávamos. O IPCA acumula alta em 12 meses de 3,9% e mostra desaceleração nessa métrica. Nossa projeção é que o IPCA deve chegar próximo de 3,5% em junho. Entretanto, o índice volta a acelerar no segundo semestre, quando o efeito da redução de impostos adotada pelo governo em 2022 tiver saído completamente da base de cálculo. A inflação de serviços segue elevada, registrou alta de 6,5% em 12 meses e deve continuar desacelerando a passos lentos devido à inércia inflacionária. A inflação de bens industriais mostra clara tendência de queda nos últimos meses e deve seguir recuando à frente. A média dos núcleos do Banco Central permanece alta, em 6,7% em 12 meses. Projetamos IPCA de 5,8% para 2023 e de 5,5% para 2024.

A inflação medida pelo IGP-DI caiu 2,33% em maio, abaixo da mediana das projeções do mercado. Em 12 meses, o índice está em -5,5%, o menor nível da série histórica. A composição dos índices de atacado mostrou o IPA agrícola com queda de 4,6% frente à contração de 3% no mês anterior. O núcleo do IPA industrial – que inclui apenas os itens relacionados à inflação de bens industriais do IPCA, excluindo alimentos, combustíveis e minério de ferro – registrou queda de 0,7%. Em 12 meses, o IPA agrícola está em -12,3% e o núcleo do IPA industrial em -1,8%.

Divulgado relatório do grupo de trabalho da Reforma Tributária

O grupo de trabalho da reforma tributária na Câmara divulgou na semana passada texto com as principais diretrizes da proposta. Essa é a primeira etapa da reforma dos impostos sobre o consumo. A principal proposta do texto é a adoção de um IVA dual, que teria uma parcela gerida pela união e outra pelos governos regionais. Seriam extintos os atuais impostos sobre bens e serviços (ICMS, ISS, IPI, PIS e Cofins) e substituídos pelo Imposto sobre Bens e Serviços (IBS). Seria instituído também um Imposto Seletivo (IS) que seria uma espécie de sobretaxa sobre produtos e serviços que prejudiquem a saúde ou o meio ambiente. Outro destaque da proposta é a criação do Fundo de Desenvolvimento Regional (FDR), que será capitalizado pela União e ficaria de fora do cálculo do limite de despesas do novo marco fiscal. O programa da Zona Franca de Manaus e Simples Nacional seriam mantidos. A reforma tributária está prevista para ser votada no plenário da Câmara no início de julho.

Equipe Econômica C6 Bank

Felipe Salles Head
Claudia Moreno Head Brasil
Claudia Rodrigues Head Internacional
Felipe Mecchi Internacional
Heliezer Jacob Brasil

Este relatório foi preparado pelo Banco C6 S.A.

Os números contidos nos gráficos de desempenho referem-se ao passado; o desempenho passado não é garantia de resultados futuros.

Cada analista de Macro Research é o principal responsável pelo conteúdo deste relatório e atesta que:

(i) todas as opiniões expressas refletem com precisão suas opiniões pessoais e eventual recomendação foi elaborada de forma independente, inclusive em relação ao Banco C6 S.A. e / ou suas afiliadas;

(ii) nenhuma parte de sua remuneração foi, está ou estará, direta ou indiretamente, relacionada a quaisquer recomendações específicas realizadas pelo analista.

Parte da remuneração do analista vem dos lucros do Banco C6 S.A. e / ou de suas afiliadas e, consequentemente, as receitas decorrem de transações mantidas pelo Banco C6 S.A. e / ou suas coligadas.

Este relatório foi preparado pelo Banco C6 S.A., uma instituição regulada por autoridades brasileiras.

O Banco C6 S.A. é responsável pela distribuição deste relatório no Brasil.