Leitura de 2 min

1º Prêmio C6 de Jornalismo anuncia vencedores

Premiação, criada pelo C6 Bank, reconhece iniciativas que incentivam a cidadania financeira e ajudam os brasileiros a tomar decisões conscientes

Atualizado em

Ilustração mostra uma galinha segurando um ovo dourado com a frase "1º Prêmio C6 de Jornalismo" à direita. Do lado esquerdo, está a frase "Jornalismo vale ouro, educação financeira também. Conhecimento é um dos principais caminhos para a cidadania financeira. O seu trabalho tem um papel importante nisso. Conheça os vencedores"

Anunciamos hoje os vencedores do 1º Prêmio C6 de Jornalismo. A reportagem “Fintechs miram 45 milhões de brasileiros sem conta bancária”, veiculada no Jornal das Dez (GloboNews), em agosto de 2019, ganhou na categoria TV, rádio e podcast. O trabalho apresenta soluções que startups estão criando para atender desbancarizados e promover a inclusão financeira.

Na categoria impresso e online, quem levou o troféu foi a reportagem “Ele disse que me mataria, que eu era uma vagabunda e interesseira”, publicada pelo site Vós. O trabalho trata da violência patrimonial, quando o parceiro faz uso de recursos econômicos para controlar o cônjuge. Cada uma das reportagens levou R$ 15 mil.

O C6 Bank criou o Prêmio C6 de Jornalismo para celebrar a excelência no jornalismo brasileiro. A primeira edição foi dedicada ao tema “Educação Financeira e Finanças Pessoais”. O objetivo foi reconhecer iniciativas que incentivam a cidadania financeira, conceito usado pelo Banco Central do Brasil para abranger a inclusão financeira, a educação financeira e a proteção ao consumidor de serviços financeiros. O prêmio também considerou reportagens que facilitam a compreensão do mercado financeiro e ajudam os brasileiros a tomar decisões conscientes.

Além de “Fintechs miram 45 milhões de brasileiros sem conta bancária”, foram finalistas na categoria TV, rádio e podcast as reportagens Os Caminhos do Investimento, do programa Diário Notícias, da TV Diário, e Diário de Escola — Educação Financeira, do programa SPTV, da TV GLOBO.

Na categoria impresso online, além da publicação da Vós, foram finalistas as reportagens “Rua São Bento, reduto do crédito fácil (e caro), sobrevive com clientela restrita”, do Valor Investe, e “Conheça a Fintwit, a comunidade do mercado financeiro no Twitter”.

Educação financeira é uma causa que o C6 Bank defende. O 6 minutos, plataforma de conteúdo ligada ao grupo que controla o banco, entrega — de forma didática — informações úteis para a vida financeira do leitor, como notícias de economia e finanças pessoais. O C6 Bank também promove workshops de educação financeira em regiões de vulnerabilidade social e deve anunciar mais iniciativas nessa área neste ano.