• Início
  • Press
  • C6 Bank distribui livro sobre Amazônia para escolas, ONGs e bibliotecas

Leitura de 3 min

C6 Bank distribui livro sobre Amazônia para escolas, ONGs e bibliotecas

No livro Amazônia das Crianças, de Araquém Alcântara, crianças de seis Estados contam em primeira pessoa como é viver na maior floresta tropical do mundo; instituições devem preencher um formulário no site do banco para solicitar exemplar

Atualizado em

Uma imagem mostra diversos coqueiros da Amazônia vistos de baixo. No topo de um dos coqueiros, há uma criança o escalando.

Escolas, ONGs e bibliotecas que atuam na educação infantil podem solicitar gratuitamente, pelo site do C6 Bank, o livro “Amazônia das Crianças”, do fotógrafo Araquém Alcântara, um dos precursores da fotografia de natureza no Brasil. O banco, que patrocinou a obra em parceria com a Mastercard, já havia disponibilizado o download gratuito do livro e do guia de navegação para professores – um material que serve de apoio para trabalhar a obra em sala de aula. Agora, as instituições poderão solicitar, sem custo, o kit físico.

O projeto “Amazônia das Crianças” retrata e dá voz a 15 meninos e meninas que vivem na maior floresta tropical do mundo, com relatos inspirados no cotidiano e nas lendas da região. São dois livros: no primeiro, crianças indígenas, ribeirinhas, extrativistas, quilombolas, urbanas e beiradeiras narram suas histórias e, no segundo, essas experiências são desdobradas em conceitos históricos, sociais, econômicos e ecológicos para que os professores possam trabalhar esses temas em sala de aula e mostrar a importância de se preservar um lugar imprescindível para o planeta.

Relacionadas:

Além das imagens de Araquém Alcântara – que tem mais de 60 livros publicados sobre temas ambientais – a obra traz textos do jornalista Morris Kachani, do educador ambiental Zysman Neiman e ilustrações do artista Angelo Abu.

As instituições devem preencher um formulário no site do C6 Bank e solicitar 5 kits do livro. Cada kit contém um exemplar do livro Amazônia das Crianças e um do Guia de navegação.

A ação vai atender a pedidos de instituições do ensino fundamental (públicas ou privadas), ONGs com contraturno escolar ou com atividades educacionais ou bibliotecas (públicas ou privadas) que tenham, pelo menos, um ano de operação. O livro e o guia também podem ser baixados gratuitamente em pdf, ePub para Kindle e Google Play Livros e no site https://www.c6bank.com.br/c6-escola.

“Acreditamos na literatura e na fotografia como uma ferramenta potente para estimular a consciência ambiental nas crianças. Por isso, além de viabilizar o livro, queremos que ele chegue às escolas e bibliotecas do país inteiro”, diz Alexandra Pain, chefe de ESG do C6 Bank.

Além de apoiar Araquém Alcântara desde a concepção do projeto que originou o “Amazônia das Crianças”, com patrocínio direto e sem incentivos públicos, o C6 Bank e a Mastercard querem deixar um legado para as comunidades da região e fazer com que a Amazônia retratada no livro, em fotos e histórias, seja conhecida no país inteiro. Em parceria com a Associação Vaga Lume, presente em 22 municípios da Amazônia Legal e responsável pela implantação e fomento de 95 bibliotecas comunitárias, o banco está desenvolvendo uma ação de incentivo à leitura em comunidades de seis estados da região. Cerca de 2 mil livros serão distribuídos a escolas públicas. Escolas das comunidades envolvidas no projeto receberão a nova publicação de Araquém além de um acervo com 120 outros títulos. Além disso, estão sendo realizados encontros de formação de mediação de leitura nas comunidades que participaram do livro “Amazônia das Crianças”.

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Este é um texto de divulgação para jornalistas. As informações sobre os produtos e serviços do C6 Bank referem-se às condições existentes na data da postagem deste texto. As regras e condições de cada produto e/ou serviço podem ser posteriormente alteradas. Consulte os termos vigentes no momento da contratação pelo app.