Leitura de 4 min

Calendário Copom 2023: quais as datas das próximas reuniões?

Acompanhar o calendário Copom é importante para analisar as mudanças na taxa Selic; saiba mais

Atualizado em

Mulher de cabelo grisalho segurando um papel com o calendário do Copom
Descubra abaixo as datas do calendário do Copom 2023.

Para quem quer estar por dentro dos assuntos econômicos do país, é interessante acompanhar o calendário Copom. Isso porque o Comitê de Política Monetária (Copom) é o órgão do Banco Central do Brasil que define, a cada 45 dias, a taxa Selic.

Portanto, ao saber a data da próxima reunião, será possível se preparar para eventuais mudanças na taxa básica de juros. Assim você poderá fazer um planejamento financeiro para entender se há necessidade de cortar gastos ou ainda de recalibrar sua carteira de investimentos.

Para trazer o calendário Copom 2023, o C6 Bank preparou esse texto. Nele, você vai encontrar as respostas para as seguintes perguntas:

  • Como são as reuniões do Copom?
  • Calendário Copom 2023
  • Que dia sai a ata do Copom?
  • Por que acompanhar o calendário do Copom?

Gostaria de ler outras matérias relacionadas a temas econômicos? Explore o que separamos para você:

Como são as reuniões do Copom?

As reuniões acontecem em dois dias seguidos, de acordo com o calendário do Copom. Todo o processo é pensado para embasar da melhor forma possível a decisão da taxa Selic.

No primeiro dia, os membros assistem apresentações técnicas do corpo funcional do Banco Central, que informam a evolução e perspectivas das economias brasileira e mundial. O dia seguinte é inteiramente reservado para a discussão da decisão.

O valor final da taxa é decidido com base na avaliação do cenário macroeconômico e os principais riscos associados a ele. Além disso, as decisões devem levar em consideração que a inflação medida pelo IPCA fique em linha com a meta definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Calendário Copom 2023

Descubra a seguir o calendário reuniões Copom 2023:

31 de janeiro e 1º de fevereiro
21 e 22 de março
2 e 3 de maio
20 e 21 de junho
1º e 2 de agosto
19 e 20 de setembro
31 de outubro e 1º de novembro
12 e 13 de dezembro

Que dia sai a ata do Copom?

A ata do Comitê de Política Monetária é publicada em um prazo de até quatro dias úteis após a realização das reuniões. Como os encontros, geralmente, acontecem em terças e quartas-feiras, o documento é divulgado na terça-feira da semana seguinte, sempre às 8h.

Por que acompanhar o calendário do Copom?

Ao acompanhar o calendário e a ata do Copom ficará mais fácil de entender como está se desenvolvendo o cenário econômico. Ou seja, por meio da elevação ou diminuição da taxa de juros é possível saber, entre outras informações, se o consumo ficará mais caro ou mais barato ao consumidor final.

Outro ponto que é muito impactado com a decisão é o financiamento e empréstimo. Ambos ficam com juros mais altos quando a Selic está alta, tornando a aprovação de crédito mais difícil.

Por fim, para os investidores é essencial acompanhar o calendário de reunião Copom. Isso porque, quando a taxa está baixa, os rendimentos das aplicações em renda fixa ficam menores, aumentando a migração de pessoas para aplicações em outros produtos.

Agora você já conhece o calendário de reuniões Copom. Dessa forma, fica mais fácil acompanhar tudo o que acontece na economia brasileira, além de preparar o seu bolso para possível decisões do Comitê em relação à taxa Selic.

Leia também: Ata do Copom: nossa visão

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Informações sobre os produtos e serviços do C6 Bank vigentes na data da postagem deste texto. As regras e condições de cada produto e/ou serviço podem ser posteriormente alteradas. Consulte os termos vigentes no momento da contratação pelo app.