Leitura de 5 min

Material escolar: como economizar na volta às aulas em 2024?

Saiba como reduzir os gastos na compra de material escolar.

Atualizado em

Comprar material escolar é um dos principais gastos do início de ano das famílias brasileiras. O momento de volta às aulas pode exigir um bom planejamento financeiro para que pais e responsáveis consigam atender a lista de itens exigidos pelas instituições de ensino sem comprometer o orçamento familiar.

Saiba como economizar ao comprar material escolar.

Pensando nisso, o time do C6 Bank preparou um conteúdo completo com dicas essenciais para que você consiga economizar e ainda garantir que seu filho tenha materiais de qualidade. 

Mas antes, descubra quais são os tópicos que farão parte da sua leitura: 

  • Dicas para comprar material escolar
  • 1. Reutilize materiais; 
  • 2. Atente-se a lista de material escolar
  • 3. Pesquise preços; 
  • 4. Projete gastos e determine um limite de valor; 
  • 5. Antecipe as compras; 
  • 6. Opte pela compra coletiva; 
  • 7. Customize em casa; 
  • 8. Aproveite ofertas, lojas com cashback e negocie descontos à vista. 

Leia outros conteúdos sobre o tema que também podem ajudar: 

  1. Mesada educativa: entenda como começar, quais valores e frequência 
  2. Como se planejar financeiramente para 2024? Comece o ano sem dívidas 

Dicas para comprar material escolar 

Comprar o material escolar é sempre um momento de muita empolgação por parte das crianças, mas que também pode pesar no orçamento da família. Por esse motivo, abaixo, você pode aprender mais com 8 dicas que irão ajudar você a economizar sem deixar faltar nenhum item da lista.  

1. Reutilize materiais 

Alguns materiais escolares possuem vida útil muito maior do que um ano letivo. Mochilas, tesouras, lapiseiras, estojos e apontadores são alguns exemplos que podem ser reutilizados. Assim, é interessante identificar quais são as opções que ainda estão em bom estado para evitar gastos desnecessários. 

2. Atente-se a lista de material escolar 

Antes de sair às compras, é importante que pais e responsáveis analisem a lista de materiais pedidos pela instituição de ensino. Isso porque, de acordo com a Lei 12.886/2013, objetos de uso coletivo, higiene e limpeza não podem ser cobrados. 

Analise a lista de materiais pedidos pela instituição de ensino.

Além disso, algumas escolas também oferecem alguns itens para serem usados em sala de aula. O que pode resultar em redução de gastos adicional.  

3. Pesquise preços 

Comparar preços em diferentes lojas é ideal para você encontrar valores que se encaixam em seu orçamento. Vale lembrar que, nessa época do ano, muitos estabelecimentos oferecem condições de pagamentos especiais, promoções e grande variedade de marcas para você economizar. 

4. Projete gastos e determine um limite de valor 

Após definir quais serão os materiais escolares que serão comprados, defina um limite de gasto para cada um deles. Em vista disso, não se esqueça de atualizar a lista de acordo com o item que for comprado. Dessa forma, você consegue ter mais controle sobre o seu orçamento e, consequentemente, fazer escolhas mais econômicas e eficientes.  

5. Antecipe as compras 

Uma ideia interessante que você pode aproveitar nos próximos anos é antecipar as compras. É possível usar o primeiro semestre do ano para começar a se planejar financeiramente, fazer pesquisas de preços e aproveitar valores mais baixos. Aqui, o ideal é começar a adquirir os itens entre os meses de agosto e setembro para fazer as compras com mais calma.  

6. Opte pela compra coletiva 

Muitas vezes, comprar no atacado pode ser uma opção mais econômica. Além disso, algumas lojas online também oferecem descontos em compras feitas em grande quantidade.  

Conversar com grupos de pais e responsáveis para que seja feita uma compra coletiva pode ajudar a aliviar o bolso de todos.  

7. Customize em casa 

Apesar de serem os favoritos entre as crianças, produtos com personagens de filmes, desenhos e séries costumam ser mais caros, pois carregam o valor do licenciamento das marcas. Nesse caso, a customização é uma opção viável. Ademais, a internet está recheada de tutoriais interessantes e fáceis de serem reproduzidos.  

Ainda, vale a pena chamar os filhos para um diálogo a fim de que esse momento seja divertido e, claro, mais econômico.  

8. Aproveite ofertas, lojas com cashback e negocie descontos à vista 

Além de todas as dicas já citadas, escolher lojas com cashback é uma maneira inteligente de economizar durante as compras. Assim, você não só garante os itens da lista de materiais do seu filho, mas também recebe parte do seu dinheiro de volta. 

Aproveite descontos e ofertas na hora de comprar o material escolar do seu filho.

Ainda nesse sentido, aproveite o teto de gastos estabelecido para comprar os produtos à vista e conseguir bons descontos.  

Agora que você já sabe como economizar na hora de comprar material escolar, conheça o C6 Yellow, conta grátis do C6 Bank para crianças e adolescentes, e comece a introduzir a educação financeira na vida dos pequenos. 

Com ela, seu filho terá acesso a investimentos, conta, cartão, aplicativo próprio, mas tudo isso com a sua supervisão. Isso porque a cada operação, você recebe um aviso no celular para acompanhar todas as movimentações da conta. Saiba mais

Para mais conteúdos como esse, continue acompanhando nosso blog. Leia também: 

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app. 

Informações sobre os produtos e serviços do C6 Bank vigentes na data da postagem deste texto. As regras e condições de cada produto e/ou serviço podem ser posteriormente alteradas. Consulte os termos vigentes no momento da contratação pelo app.