Leitura de 5 min

Inflação baixa no Brasil: o que isso significa?

Em junho, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no acumulado em 12 meses marcou 3,16%, o que mostra que a inflação está em queda no Brasil.

Atualizado em

inflação baixa no Brasil | mulher negra com dreads pretos e grisalhos na raiz está sentada em uma cadeira de madeira fazendo uso de um notebook, cotovelo apoiado na mesa e rosto repousado na próprio punho fechado, ela também está sorrindo
Tudo o que você precisa saber sobre a queda da inflação.

Depois de um período marcado pela alta de preços, a recente inflação baixa no Brasil possibilitou uma trégua ao país. Em junho de 2023, o IPCA acumulado em 12 meses chegou a 3,16%. Mas, afinal, você sabe o que a queda desse índice significa na prática?

Neste post do C6 Bank, analisaremos o conceito de inflação baixa, fenômeno da economia de grande importância para diferentes públicos, desde investidores e empreendedores a consumidores. Se você se encaixa em um desses grupos ou tem interesse pelo tema, continue lendo.

A seguir, descubra todos os tópicos que serão abordados no artigo:  

  • O que significa inflação baixa?
  • Principais causas da inflação baixa
  • Benefícios da inflação em queda
  • Desvantagens da inflação em queda
  • Onde investir durante a baixa da inflação?
  • O que é melhor: inflação baixa ou alta?

Não deixe de conhecer outros conteúdos relevantes sobre macroeconomia, que podem ampliar seu entendimento sobre o assunto:

  1. O que é inflação: entenda suas causas e como se proteger do fenômeno
  2. O que é poder de compra? Qual seu significado para economia do Brasil?

O que significa inflação baixa?

A inflação baixa significa que o aumento geral dos preços de bens e serviços em uma economia está em um nível moderado durante um determinado período, normalmente abaixo da média histórica. Esse movimento pode sinalizar que um país está em um cenário financeiro sustentável, já que acarreta a preservação do poder de compra da população. Contudo, quando essa queda acontece de forma excessiva, pode prejudicar a demanda e resultar em um cenário de deflação.

Principais causas da inflação baixa

A inflação é um fenômeno complexo que se conecta com diferentes agentes econômicos, por isso sua queda normalmente é um resultado de diferentes fatores que, inclusive, podem acontecer ao mesmo tempo. Entre as principais causas podemos citar:

  1. Demanda fraca: quando a demanda por bens e serviços está abaixo da capacidade produtiva de uma economia, a tendência é que os preços permaneçam mais estáveis;
  2. Queda do preço de commodities: quando o preço de alguma commodity cai, é comum que as mercadorias que a usam como matéria-prima também apresentem valores menores;
  3. Políticas monetárias e fiscais: decisões tomadas pelo Comitê de Política Monetária (Copom) a respeito do patamar das taxas de juros influenciam a inflação diretamente.

Ainda é possível complementar a lista com avanços e inovações tecnológicas, que podem aumentar a eficiência da produção e consequentemente ajuda a reduzir custos. E a globalização também pode gerar uma baixa nos preços, já que as empresas concorrem com os valores de produtos importados.

Benefícios da inflação em queda

Uma inflação sob controle representa para o país uma economia sustentável que traz benefícios significativos para diferentes agentes sociais:

  • Preservação do poder de compra: quando o aumento de preços acontece de forma moderada, as famílias conseguem manter seu poder de compra. Isso quer dizer que os produtos e serviços ofertados na economia ficam mais acessíveis, o que pode resultar na saúde financeira de diferentes lares;
  • Estabilidade econômica: a inflação sob controle representa estabilidade, o que favorece o desenvolvimento econômico. Empreendedores, por exemplo, podem se beneficiar com uma diminuição de custos operacionais e, consequentemente, usar a oportunidade para expandir seus negócios.

Desvantagens da inflação em queda

Por outro lado, a inflação baixa também pode apresentar alguns desafios econômicos:

  1. Risco de deflação: quando os preços são continuamente levados para baixo e a inflação se aproxima de zero ou alcança um nível negativo (deflação), os consumidores tendem a adiar suas compras, o que pode impactar negativamente a demanda e a economia como um todo;
  2. Limitações na política monetária: com a inflação em queda, é possível que bancos centrais enfrentem maiores dificuldades para estimular o avanço econômico, pois as taxas de juros já podem estar em níveis baixos.

Onde investir durante a baixa da inflação?

No geral, quando o assunto é proteção contra as variações da inflação, a recomendação é buscar oportunidades em investimentos de renda fixa e sempre manter a perspectiva no longo prazo.

Contudo, é fundamental diversificar sua carteira, porque dessa forma é possível reduzir riscos, evitando que seu dinheiro fique aplicado em um único tipo de produto e seja distribuído de uma forma balanceada.

O que é melhor: inflação baixa ou alta?

A resposta a essa pergunta é: o cenário ideal é a inflação sob controle, dentro da meta estipulada pelo Conselho Monetário Nacional que define esse percentual.  No geral, a inflação moderada é considerada saudável, uma vez que indica a estabilidade de preços e a preservação do poder de compra da população. Mas quando o índice se encontra em algum extremo, independe de estar baixo demais ou em níveis muito altos, pode ser totalmente prejudicial.

Inflação baixa e os impactos no seu bolso

Como foi possível observar no texto, a inflação baixa pode resultar em um cenário econômico sustentável, trazendo estabilidade de preços e beneficiando consumidores, empresários e investidores.

No entanto, é necessário estar sempre atento, já que uma queda excessiva e contínua pode resultar em desafios como a deflação. Vale ainda ressaltar que movimentos deflacionários são bastante incomuns no Brasil e que apesar de ser um risco, é pouco provável que aconteça em breve.

Aqui no C6 Bank, sintonizados nos fatos que movem a economia, a equipe de economistas do C6 Bank pode ajudar quem deseja entender com profundidade os dados e as tendências no cenário econômico nacional e internacional.

Para ouvir as análises, você pode buscar por Macro Review no Spotify ou clicar nos links dos episódios mais recentes abaixo:

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Informações sobre os produtos e serviços do C6 Bank vigentes na data da postagem deste texto. As regras e condições de cada produto e/ou serviço podem ser posteriormente alteradas. Consulte os termos vigentes no momento da contratação pelo app.