Leitura de 9 min

Entenda o conceito de commodities na Bolsa, como funciona e como investir

As commodities estão entre as mercadorias mais importantes dos mercados nacional e internacional, servindo como matéria-prima para uma série de produtos

Atualizado em

mulher branca segurando maçã verde nas mãos representando o que são commodities
As commodities podem ser agrícolas, minerais ou financeiras

As commodities estão entre as mais importantes mercadorias para a economia de um país. Além de servirem como matéria-prima para uma série de produtos essenciais, elas também podem ser comercializadas de forma estratégica no mercado internacional a fim de trazer lucros para o país exportador, como é o caso do Brasil.

Considerando a relevância dessa categoria de itens, o C6 Bank preparou este post a fim de falar de forma mais aprofundada sobre eles. Ao longo do post, queremos resolver as dúvidas que você tiver a respeito do tema, de forma que você chegue ao final do texto sabendo tudo que precisa sobre commodities. Nesse sentido, serão abordados os seguintes tópicos:

  • O que são commodities?
  • Quais as principais características das commodities?
  • Existe mais de um tipo de commodity?
  • Quais são as principais commodities brasileiras?
  • O que significa cotação de commodities?
  • Vale a pena investir em commodities?
  • Como investir em commodities na B3?
  • Como acompanhar as oscilações das commodities?
  • Qual o impacto das commodities na economia?
  • Como as commodities impactam o bolso da população?

Quer conhecer outros conceitos relacionados à Bolsa de Valores? Então leia essas publicações que separamos para você:

O que são commodities?

Commodity é um termo inglês cujo significado é, literalmente, “mercadoria”. Apesar da definição aparentemente genérica, no entanto, a palavra costuma ser usada para se referir a um grupo específico de itens: os produtos básicos, ou matérias-primas.

Elas ocupam papel extremamente relevante para a economia global. O próprio Brasil, inclusive, tem esse setor como o predominante entre suas exportações e balança comercial.

pessoa branca plantando uma muda em um monte de terra, representando uma commodity
As commodities são matéria prima para vários produtos de maior complexidade

Quais as principais características das commodities?

Algumas das características mais marcantes das commodities são:

  • Produção uniforme: a forma que essas mercadorias são produzidas ou adquiridas não varia muito, o que também faz com que elas apresentem qualidade similar ao redor do mundo;
  • Pouca industrialização: em geral, commodities são insumos básicos – seja para consumo ou para a produção de bens de maior complexidade. Isso significa que elas não passam por grandes processos em indústrias, muitas vezes sendo usadas de forma próxima a que foram recolhidas;
  • Comercializadas globalmente: precisamente em função de sua essência fundamental e basilar, as commodities têm demanda em todo o mundo – especialmente entre países que não têm condições favoráveis à produção ou extração delas;
  • Produzidas em larga escala: por conta de sua produção mais simples e de sua alta demanda, as commodities tendem a ser produzidas em grandes volumes. Além disso, muitas vezes permitem o estoque sem prejuízo de qualidade.

Existe mais de um tipo de commodity?

Sim. Existem três categorias que se destacam no mercado:

  • Commodities agrícolas: incluem gêneros alimentícios e produtos provenientes de recursos naturais. É o caso de itens como soja, milho, café, açúcar, algodão, madeira, água, energia, entre outros;
  • Commodities minerais: na média, tendem a ser as de maior valor no mercado. Os principais exemplos dessa modalidade são o petróleo, o gás natural, além de outros combustíveis e metais preciosos como o ouro.
  • Commodities financeiras: são um tipo diferente de mercadoria, não representando um bem físico. Na verdade, dizem respeito aos títulos e moedas negociados no mercado. O real e Tesouro Direto, por exemplo, podem ser considerados commodities financeiras.

Quais são as principais commodities brasileiras?

O Brasil se destaca pela sua alta produção de commodities agrícolas. Com um dos territórios mais ricos em recursos naturais em todo o mundo, nós pautamos nossa estratégia comercial na exportação desses bens, movimentando bilhões na economia brasileira todos os anos.

No entanto, não é só com os produtos agrícolas que o Brasil fatura: sua exportação de commodities minerais também é bastante considerável. A seguir, você poderá dar uma olhada no ranking das principais exportações brasileiras em 2021, por valor gerado. Os dados são do Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex):

  1. Minério de ferro (US$ 42,2 bilhões);
  2. Soja (US$ 37,3 bilhões);
  3. Óleos brutos de petróleo (US$ 27,4 bilhões);
  4. Açúcares e melaços (US$ 8,5 bilhões);
  5. Carne bovina (US$ 7,4 bilhões).
mulher branca parada diante de várias frutas e vegetais em um mercado, produtos que estão entre as principais commodities do brasil
As principais commodities do Brasil são agrícolas, embora as minerais também tenham muito destaque

O que significa cotação de commodities?

A cotação das commodities nada mais é do que o preço delas no mercado internacional. Usa-se esse termo porque, assim como no caso da cotação do dólar, por exemplo, o valor pode oscilar bastante ao longo de um único dia.

Em ambos os casos, um dos maiores fatores responsáveis por essa variação é a lei da oferta e demanda. A regra é conhecida: se um produto está com alta procura e a oferta não acompanha esse ritmo, o preço tende a subir. Da mesma forma, caso a demanda esteja mais baixa e a mercadoria esteja apresentando uma disponibilidade para a qual não há público, seu custo irá cair.

Vale notar, no entanto, que fatores externos também podem influenciar nessa dinâmica. A Guerra na Ucrânia é um exemplo: com a suspensão russa do fornecimento de gás natural para outros países europeus, muitas dessas nações têm precisado recorrer a importações de commodities minerais de outros países. Esse aumento na demanda tende a impulsionar os preços – dependendo da intensidade, caracterizando um dos famosos “boom das commodities”.

Vale a pena investir em commodities?

Depende. Embora as commodities possam ser bastante atraentes em função de sua demanda praticamente inesgotável, é necessário levar em conta alguns fatores antes de pensar em investir nesse setor – o seu objetivo com as aplicações, o seu perfil de investidor, a liquidez do produto, seu conhecimento acerca dos ativos, entre outros.

Em geral, as commodities são negociadas no mercado futuro de renda variável, o que as torna mais atraentes para investidores de perfil arrojado. Se você está disposto a arcar com esse risco mais elevado, então sim, investir diretamente em commodities pode valer a pena.

Como investir em commodities na B3?

Muitas pessoas optam pelos contratos futuros negociados na Bolsa de Valores. Essa categoria de investimento consiste na compra de contratos com prazos previamente definidos, cujos rendimentos se dão por meio da valorização do preço do contrato ao longo do tempo, a partir das variações na cotação da commodity. É uma estratégia muito usada por investidores que desejam fazer hedge – isto é, se proteger da variação do câmbio.

Imagine que você é um produtor de café que vai negociar os grãos da próxima safra. Até o fim da colheita muitos imprevistos podem acontecer – climáticos, econômicos –, o que pode elevar ou derrubar o preço do café. Para garantir a venda, portanto, você faz um contrato para uma data futura com um preço pré-definido, se protegendo de eventuais oscilações.

O valor de cada contrato futuro se baseia na expectativa do mercado para o preço daquele bem ou ativo financeiro na data do seu vencimento. Vale notar que, embora ofereçam a possibilidade de ganhos rápidos, também contam com risco mais elevado.

Adicionalmente, há também a opção de comprar ações ou cotas de fundos de investimentos focados em empresas ligadas às commodities de alguma forma, na B3. É o caso de mineradoras, energéticas, além de companhias ligadas ao setor agrícola. Muitas delas pagam bons dividendos, permitindo que você reinvista os ganhos e lucre com o efeito bola de neve dos juros compostos.

Você pode seguir os dois caminhos com o C6 Invest, a plataforma de investimentos do C6 Bank. Para isso, basta seguir o passo a passo abaixo:

  1. Com a página inicial do nosso app aberta, toque em “C6 Invest”;
  2. Em “Self-service”, selecione “Renda variável” ou “Fundos”, dependendo do que você procura;
  3. Em ambos os casos, você será redirecionado para o nosso catálogo de produtos –sejam os de renda variável ou os fundos de investimento.
    Para ver somente contratos futuros ou ações, é só tocar em “Filtro” dentro do catálogo de renda variável e selecionar a categoria desejada;
  4. Por fim, é só escolher os ativos que deseja adquirir e definir as condições da negociação. Pronto!
imagem de prédio espelhado refletindo árovres, representando as commodities na bolsa
Não é possível investir diretamente em commodities, mas há alternativas para quem deseja ganhar dinheiro com esse setor

Como acompanhar as oscilações das commodities?

Para conseguir acompanhar os altos e baixos das commodities, recomendamos buscar canais especializados no assunto, considerando a complexidade da área. A boa notícia é que você não precisa ir muito longe para encontrar algo do tipo.

Aqui no C6 Bank, contamos com vários especialistas que estão sempre analisando não só as commodities, mas o mercado de forma geral. Com essas informações, eles produzem relatórios e podcasts sobre economia com uma série de informações, facilitando muito o processo de acompanhamento desses dados. Confira:

Qual o impacto das commodities na economia?

O impacto das commodities, para o Brasil, vem na balança comercial do país. Essas mercadorias, como mostramos, representam um grande volume das exportações feitas pelo país, sendo uma das nossas principais fontes de lucro.

Não só isso, mas as commodities também têm um importante papel no abastecimento do mercado interno. Adicionalmente, vale reforçar também a função que elas desempenham como matéria-prima de outros produtos mais elaborados e, muitas vezes, de alta tecnologia. Em função dessas razões, essas mercadorias representam uma parte essencial da economia nacional e internacional.

Como as commodities impactam o bolso da população?

Outro impacto das commodities se dá no preço delas e de produtos derivados delas. Imagine, por exemplo, que o preço do trigo aumentou no mercado externo: nesse caso, os brasileiros provavelmente sentirão o mesmo aumento ao ir às compras no mercado.

Isso porque, uma vez que as exportações se valorizarem, as chances de o produtor preferir vender seus produtos no mercado internacional aumentam muito. Dessa forma, pode haver escassez da mercadoria em questão no mercado interno. Como vimos anteriormente, alta demanda com baixa oferta se traduz em alta nos preços, impactando diretamente o bolso da população na forma de inflação pessoal.

Chegamos ao fim deste texto. Esperamos ter conseguido tirar suas dúvidas a respeito de o que são commodities, suas características, tipos, como investir nelas e qual a relevância delas para a economia local e global.

Gostou dessa matéria e quer ler outros conteúdos parecidos? Então não deixe de conferir também:

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.