• Início
  • Seu Bolso
  • Aprenda como se organizar financeiramente com 6 resoluções para 2023

Leitura de 7 min

Aprenda como se organizar financeiramente com 6 resoluções para 2023

Atitudes como o corte de gastos desnecessários podem ajudar a começar 2023 com as finanças em dia

Atualizado em

foto de areia de praia com o número 2023 desenhando na areia, representando as dicas financeiras de como se organizar financeiramente para o novo ano
O início de 2023 é um bom momento para se organizar financeiramente

Saber como se organizar financeiramente é o desejo de muita gente que quer começar 2023 com o pé direito. O início do novo ano ajuda a trazer motivação para o cumprimento desse tipo de objetivo, sendo um momento positivo para criar bons novos hábitos e se livrar dos ruins – e o C6 Bank quer ajudar você nessa missão. Para isso, separamos 6 dicas de organização financeira, de acordo com o índice a seguir:

  • Qual a importância do planejamento financeiro?
  • 6 resoluções financeiras para 2023
  • 1. Começar o ano livre de dívidas indesejadas
  • 2. Deixar os gastos supérfluos de lado
  • 3. Se preparar para despesas anuais
  • 4. Colocar em prática hábitos de consumo consciente
  • 5. Manter uma carteira de investimento diversificada
  • 6. Ter o bem-estar financeiro como objetivo

Este post é apenas um dos muitos que produzimos sobre educação financeira. Veja mais alguns abaixo:

Qual a importância do planejamento financeiro?

A importância do planejamento financeiro vem das possibilidades que ele abre para quem o executa corretamente. Não só fica mais fácil atingir objetivos e realizar metas – comprar um carro, uma casa própria, fazer uma grande viagem em família, pagar a faculdade dos filhos –, mas em momentos de turbulência e instabilidade você também terá mais tranquilidade para gerenciar a situação.

Com ele, você garante algum grau de preparação para qualquer tipo de imprevisto financeiro e ganha a segurança de conseguir suprir as necessidades do dia a dia, ao menos no curto prazo.

6 resoluções financeiras para 2023

Não existe uma única resposta para quem se pergunta como se organizar financeiramente. Trata-se de um conjunto de práticas e hábitos que devem ser adotados e mantidos no dia a dia, a fim de promover um estilo de vida pautado na saúde financeira. Abaixo, listamos 6 dessas dicas, que você pode adotar como resoluções para 2023. Veja:

mulher branca sorrindo sentada diante de laptop sorri enquanto segura celular na mão direita e pensa em resoluções financeiras para 2023
Há várias dicas que podem ser adotadas para melhorar a organização das finanças

1. Começar o ano livre de dívidas indesejadas

Eliminar as dívidas é o primeiro passo para começar o novo ano com tranquilidade, uma vez que elas impossibilitam que você poupe dinheiro apropriadamente. Para isso, é importante entender qual o valor total dela. Isso inclui os valores que você deve para bancos, empresas, outras pessoas e todo tipo de pendência. Anote, se for preciso.

Depois, some todas as quantias que você recebe por mês, e subtraia os gastos fixos – aqueles que você precisa pagar sempre. O dinheiro restante é o que poderá ser usado para sair das dívidas. Lembre-se: esse processo não acontece de um dia para o outro. Por isso, é importante que você priorize algumas pendências sobre outras – preferencialmente, aquelas com juros mais altos, pois elas representam um maior risco de inadimplência.

Algumas pessoas fazem até novos empréstimos para conseguir começar esse processo – são as chamadas dívidas boas. Mas tenha cuidado: esse tipo de gasto deve ser feito somente com um objetivo claro em mente.

2. Deixar os gastos supérfluos de lado

Cortar os gastos desnecessários é uma das principais formas de organização financeira. Para facilitar essa tarefa, recomendamos a utilização da regra 50-30-20. Basicamente, essa metodologia propõe uma divisão do orçamento em 3 grupos:

  • 50: gastos essenciais;
  • 30: gastos variáveis (passeios, academia e outros custos do tipo);
  • 20: quantia que você deve usar para atingir objetivos. Poupar para comprar algum bem, amortizar um financiamento, investir – há muitos usos. Para quem estiver começando agora, no entanto, esse grupo deve ser usado para montar uma reserva de emergência.

Esse método é interessante porque ajuda a reduzir gastos supérfluos sem que você precise deixar totalmente de ter alguns confortos. Organizar as finanças não deve ser sinônimo de abrir mão de momentos de lazer, e sim de evitar que gastos nessa área saiam do controle.

3. Se preparar para despesas anuais

O começo do ano concentra muitas despesas dos brasileiros. Em janeiro, tributos como IPTU, IPVA, por exemplo, começam a ser cobrados. Pouco tempo depois, é a vez do Imposto de Renda. Custos como matrículas e materiais escolares também costumam impactar o orçamento de famílias com filhos.

Adicionalmente, é comum que muitas pessoas deixem para fazer mudanças e melhorias a partir do começo do novo ano, após as festividades, o que também pode significar mais gastos nessa época. Por isso, é necessário ter atenção com esse ponto se a ideia é colocar o planejamento em prática junto com o início de 2023.

4. Colocar em prática hábitos de consumo consciente

O consumo consciente é uma espécie de filosofia que tem como princípios o respeito ao meio ambiente, o zelo pela saúde humana e animal, a atenção com as relações de trabalho que envolvem os produtos e as marcas responsáveis por eles, entre outros. Além disso, também defende o aproveitamento total de todos os insumos, utilizando-os até o fim da vida útil.

No que diz respeito a como se organizar financeiramente, o consumo consciente pode ajudar a incentivar a economia, na medida em que você comprará apenas o que realmente precisa, além de usar esses produtos até o final, sem trocá-los no desnecessariamente no curto prazo.

5. Manter uma carteira de investimento diversificada

A diversificação da carteira é uma ótima forma de organizar as finanças, por dois motivos:

  • Primeiro, há o fator de que, ao rentabilizar o próprio patrimônio, o investidor tende a acumular mais dinheiro no longo prazo, ganhando mais recursos para lidar com as próprias finanças;
  • Em segundo, há a diluição de riscos proporcionada pela diversificação, que evita que o investidor tenha grandes prejuízos, uma vez que não está colocando todos os ovos em uma única cesta. Não só isso, mas caso algum produto apresente baixa, é bem possível que outros produtos compensem a perda com seus ganhos, trazendo benefícios mesmo em cenários mais delicados.

Para diversificar com tranquilidade, você pode usar o C6 TechInvest. Trata-se de um serviço oferecido pelo C6 Bank que monta automaticamente uma carteira personalizada para você, oferecendo a maior rentabilidade possível dentro do risco que o investidor definir.

O procedimento é simples:

  1. Dentro do app, toque em “C6 Invest” no menu inferior;
  2. Depois, toque em “C6 TechInvest”. O primeiro passo é responder o questionário, para que a plataforma identifique seus objetivos e o risco que está disposto a correr;
  3. Com o perfil de investidor definido, basta escolher o tipo de carteira que deseja montar: fundos, Ações ou Ativos Globais.

Vale notar: caso você tenha R$ 150 mil investidos no C6 Bank, também terá acesso exclusivo a um Carbon Partner. Trata-se de um profissional que tem o papel de cuidar da sua vida financeira, patrimônio e negócios no banco.

6. Ter o bem-estar financeiro como objetivo

O bem-estar financeiro, como o nome dá a entender, é a sensação de satisfação trazida pelo cumprimento de obrigações financeiras e fiscais, com segurança e confiança de que as escolhas certas foram feitas e de que colherá bons resultados no futuro. É o oposto do estresse financeiro, problema que pode prejudicar a saúde mental e até mesmo física.

Em um país em que a incerteza financeira é a principal causa de ansiedade e preocupação para 78% da população, ter o bem-estar como um objetivo central é muito importante, a fim de manter a motivação e a paciência necessárias para continuar com esses hábitos.

Apresentamos algumas das ferramentas necessárias para atingir esse objetivo acima, e esperamos que elas ajudem você na missão de como se organizar financeiramente.

Por enquanto, ficamos por aqui. Se quiser ler mais textos como esse, no entanto, veja alguns que separamos para você:

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital gratuita, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.