• Início
  • Seu Bolso
  • Como proteger o celular em caso de roubo? Guia para evitar perdas

Leitura de 9 min

Como proteger o celular em caso de roubo? Guia para evitar perdas

Saiba o que você pode fazer para manter o seu celular mais seguro e quais são as vantagens do C6 Bank quando o assunto é a sua segurança

Atualizado em

Pessoa mexendo no celular na rua, atitude não recomendada quando o assunto é deixar seu celular mais seguro

A quantidade de pessoas procurando como deixar seu celular mais seguro cresce junto com o número de roubos de celulares no Brasil. De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2023, entre 2021 e 2022 mais de um milhão e oitocentos mil dispositivos foram roubados ou furtados. 

Além da perda do aparelho, a possibilidade de invasão nas contas bancárias pode levar a um prejuízo maior de dinheiro. No C6 Bank, temos inúmeras soluções em segurança como nosso Seguro Celular para proteger seu aparelho em caso de roubo, furto e mais. 

Nesse texto, separamos algumas medidas que você pode adotar para deixar o seu dispositivo mais seguro contra roubos, junto às vantagens de segurança do C6 Bank. Descubra: 

  • Como proteger seu celular de roubo, furto ou perda? 
  • 1. Não salve nem repita senhas importantes; 
  • 2. Configure seus limites no Pix; 
  • 3. Programe backups; 
  • 4. Deixe seu dinheiro em um CDB de liquidez diária; 
  • 5. Prefira o cartão virtual na compras on-line; 
  • 6. Utilize a autenticação de dois fatores 
  • Como evitar que a conta bancária seja zerada? 
  • 1. Dificulte o acesso ao celular 
  • 2. Notifique seu banco imediatamente 
  • 3. Limpe os dados do celular 
  • 4. Bloqueie a linha de telefone e o IMEI 
  • 5. Registre um B.O.; 
  • Conheça o seguro celular do C6 Bank. 

Leia outros conteúdos sobre segurança que também podem ajudar: 

Como proteger seu celular de roubo, furto ou perda 

Existem algumas técnicas úteis para você deixar o celular mais seguro em caso de roubo, furto ou perda. Com elas, você dificulta o acesso de estranhos às suas informações pessoais e conta bancária. 

Mulher negra sentada em frente ao computador olhando para o celular e pensando em como deixá-lo mais seguro

1. Não salve nem repita senhas importantes 

Evite repetir senhas, especialmente a bancária. Para o acesso ao banco use uma chave única e segura, para não criar combinações vulneráveis. 

Além disso, não anote senhas no bloco de notas do celular. Faça buscas em aplicativos de mensagens como o WhatsApp, por palavras como “senha” ou “login”, caso ache alguma informação sensível, é recomendável que você apague. 

No caso do C6 Bank, você também deve sempre lembrar que nós nunca pedimos para você informar sua senha. Se ela for solicitada, você deve digitá-la somente em canais protegidos, como na tela do aplicativo do banco. 

2. Configure seus limites no Pix 

A tecnologia simples e prática do Pix também pode ser usada para facilitar as ações de criminosos. Por isso, é recomendado aumentar a segurança das suas transações Pix. 

No C6 Bank, você consegue estabelecer limites no valor da transferência e na quantidade de operações que podem ser realizadas ao longo de um dia. 

Outra medida que pode trazer mais segurança é a definição de um contato seguro ou mais. Assim, você indica os contatos de confiança que podem receber transferências acima de R$ 1.000 entre 20h e 6h. O horário noturno pode ser ajustado entre 20h e 23h30. No C6 Bank, isso é definido no aplicativo. 

3. Programe backups 

Programar backups é um passo essencial para proteger suas informações. Isso porque com essa prática é possível manter os dados na nuvem para que você não perca informações, fotos e documentos importantes em caso de comprometimento do aparelho em que elas estavam originalmente guardadas. 

Portanto, busque manter uma rotina de backups em seu celular. 

4. Deixe seu dinheiro em um CDB de liquidez diária 

Para evitar que, em caso de roubo, você tenha dinheiro em conta corrente, o que facilita o acesso do golpista, deixe-o investido em um CDB de liquidez diária. Para fazer pagamentos, basta retirar o dinheiro, com resgates no mesmo dia – em dias úteis e dentro do horário bancário. Mesmo que esta não seja uma dica de segurança, é mais uma forma de dificultar a ação do criminoso. 

Outra opção, caso não queira deixar seu dinheiro em um investimento, é acionar o Seguro C6 Conta. Esse serviço oferece assistência emocional para os segurados em casos de roubo e furto qualificado

Além disso, a proteção se estende para sua conta corrente no C6 Bank. Se durante um assalto a pessoa é forçada a fazer transferências PIX ou TED, compras ou saques com seu cartão principal, o nosso seguro tem permite cobrir prejuízos. 

5. Prefira o cartão virtual na compras on-line 

Ao fazer compras on-line usando o cartão virtual, você cria outra camada de segurança para as suas compras. Com esse meio de pagamento, disponível no C6 Bank, o código de segurança do cartão virtual é atualizado periodicamente. Isso impede que um criminoso com os dados do cartão consiga utilizá-lo após esse prazo. 

6. Utilize a autenticação de dois fatores 

A autenticação de dois fatores, ou 2FA funciona como uma camada extra de segurança, presente em muitas plataformas e redes sociais. Ela confirma se a pessoa que está acessando a conta é realmente o usuário cadastrado. 

A verificação pode ser por meio da biometria, uma autenticação por SMS ou e-mail, tokens ou perguntas secretas. Dessa maneira, o acesso de terceiros a suas contas privadas é dificultado. 

Mulher loira de blazer em pé, olhando o celular e pensando o que fazer em caso de roubo

Como evitar que a conta bancária seja zerada? 

Uma grande preocupação das pessoas ao ter o celular roubado ou furtado é o acesso que o criminoso pode ter à sua conta bancária. Felizmente, existem alguns recursos que ajudam a impedir que isso aconteça e proteger seu dinheiro. Confira os principais a seguir: 

1. Dificulte o acesso ao celular 

Evite usar o seu aparelho ao andar na rua ou deixá-lo muito visível ao andar de carro. É neste momento que os furtos e roubos costumam acontecer. Com o celular desbloqueado, o acesso às suas informações é facilitado. Aqui, o ideal é deixar sempre o seu celular configurado para bloqueio de tela no menor tempo possível e evitar códigos padrões

Além disso, não guarde fotos e prints de documentos e cartões de crédito na sua galeria, nem coloque fotos de fundo na tela de bloqueio com informações particulares. Isso facilita que os golpistas tenham mais dados para serem usados. 

2. Notifique seu banco imediatamente 

Entre em contato com o banco do qual você é cliente para verificar transações indevidas ou fora do seu padrão de consumo. Você também poderá solicitar o bloqueio dos seus cartões ou o contestar transações para que o banco avalie um possível reembolso

Com as operações bancárias bloqueadas, você conseguirá diminuir o risco de perdas ainda maiores. 

No C6 Bank, você deve entrar em contato com a nossa central de atendimento: 

  • 3003-6116 (Capitais e regiões metropolitanas) 
  • 0800 660 6116 (Demais localidades) 

3. Limpe os dados do celular 

Mesmo se o seu celular tiver sido levado com a tela bloqueada, o recomendado é apagar todos dados sensíveis. Muitos criminosos conhecem métodos menos convencionais de desbloquear os aparelhos, então é melhor não arriscar. 

Para aparelhos Android, isso pode ser feito por meio da ferramenta “Encontre Meu Dispositivo”. Para usuários do iPhone, deve-se usar o site iCloud ou o aplicativo Busca para apagar os dados. 

4. Bloqueie a linha de telefone e o IMEI 

Para isso, basta ligar na operadora e seguir o procedimento específico. Ao final do processo, o criminoso não poderá fazer qualquer tipo de ligação, nem receber mensagens de texto. Mantenha o número de protocolo do pedido de bloqueio consigo. 

Vale notar: esse procedimento não pode ser feito antes da limpeza dos dados, pois o cancelamento da linha pode fazer com que seu celular perca o acesso à Internet. Nesse caso, o comando de apagamento não será recebido. 

Você também pode solicitar o bloqueio do IMEI, código individual de cada dispositivo. Para isso, basta entrar em contato com a sua operadora e informar o seu identificador. Assim, o acesso às funções do celular fica impedido e não é possível se conectar a redes móveis. 

5. Registre um B.O. 

Registre um boletim de ocorrência. O processo é simples e pode ser feito pelo site. Além disso, sua denúncia pode ser associada às de outras vítimas, o que pode contribuir para a identificação do criminoso ou aumento do policiamento na região do ocorrido. 

Caso o fraudador também tenha tentado aplicar golpes por meio de suas redes sociais, é importante informar à polícia. 

Conheça o seguro celular do C6 Bank 

Para ajudar a manter o seu dispositivo seguro, em parceria com a Seguradora Zurich, o C6 Bank oferece um Seguro Celular que indeniza os clientes em casos de danos materiais, acidentes com líquidos, furtos e roubos.  

Há três tipos de contratação. São eles: 

  1. Supereconômico: para danos materiais e acidentes com líquidos;  
  1. Econômico: cobertura indeniza o cliente em casos de furto e roubo;  
  1. Completo: que inclui todas as situações anteriores.   

Vale lembrar que a cobertura é válida para furtos simples e qualificados. Os danos acidentais abrangem:  

  • Quebra;  
  • Amassados e arranhaduras;  
  • Oxidação decorrente de contato com líquido ou imersão acidental;  
  • Dano elétrico por variações de energia, curto-circuito ou sobrecarga de rede elétrica.  

Ao contratá-lo você tem mais tranquilidade, segurança e evita gastos inesperados com reparos ou substituições. 

Recursos de segurança dentro do app do C6 Bank 

Dentro do app do C6 Bank você também conta com recursos de segurança de ponta. Conheça cada um deles: 

  • Locais seguros; 
  • Compartilhamento de localização; 
  • Biometria facial; 
  • Segurança para o seu cartão; 
  • Contatos seguros; 
  • Limites de uso. 

Agora que você já sabe como manter seu aparelho seguro e já conhece o seguro celular do C6 Bank, esperamos que você consiga adotar as recomendações.  

Aproveite para ler outros conteúdos sobre o tema que também podem ajudar: 

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app. 

Informações sobre os produtos e serviços do C6 Bank vigentes na data da postagem deste texto. As regras e condições de cada produto e/ou serviço podem ser posteriormente alteradas. Consulte os termos vigentes no momento da contratação pelo app.