Leitura de 6 min

Investimentos no exterior: como declarar no Imposto de Renda 2023?

O C6 Bank preparou um passo a passo para declarar os investimentos no exterior e evitar cair na malha fina; saiba mais

Atualizado em

Mulher morena segurando um papel em frente ao computador para declarar investimentos no exterior
Os investimentos no exterior devem ser declarados na ficha “Bens e Direitos”.

Caso você seja obrigado a efetuar a declaração do Imposto de Renda, será necessário declarar seus investimentos no exterior no Imposto de Renda 2023. O tema se torna ainda mais relevante agora, que muitos brasileiros estão tendo a oportunidade de investir no exterior.

Segundo Igor Rongel, head de investimentos do C6 Bank, a demanda pelo mercado internacional aumentou desde que os juros no Brasil chegaram a 2% ao ano. Porém, do meio do ano passado para cá, houve uma nova aceleração com foco em produtos de renda fixa, devido a alta de juros nos EUA e cenário de inflação global.

Para resolver todas as dúvidas de como declarar investimentos no exterior, o C6 Bank preparou esse texto. Nele, você vai encontrar as respostas para as seguintes perguntas:

  • Quem tem investimentos no exterior está sujeito a qual declaração?
  • Como declarar investimentos no exterior: passo a passo para investimentos diversos
  • Como declarar investimentos no exterior: passo a passo para investimento em pessoa jurídica pessoa jurídica
  • Como declarar rendimentos de investimento no exterior
  • Tributação de rendimentos
  • Tributação sobre ganho de capital
  • O que significa bitributação ou dupla tributação?

Gostaria de ler outros conteúdos relacionados à declaração de Imposto de Renda? Veja o que separamos para você:

Importante: este texto é uma forma de ajudar na sua busca por informações. Em caso de dúvidas, procure um contador ou profissional qualificado para auxiliar na sua declaração.

Quem tem investimentos no exterior está sujeito a qual declaração?

Caso seja obrigado a fazer o Imposto de Renda, deverá declarar os investimentos no exterior na ficha “Bens e Direitos”. Mas, além disso, para alguns casos é necessário pagar o imposto mensal sobre algumas operações por meio do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF).  

Como declarar investimentos no exterior: passo a passo para investimentos diversos

Veja a seguir o passo a passo para a pessoa física declarar investimentos no exterior:

  • Abra a ficha “Bens e Direitos”;
  • Insira o grupo e o código correspondente ao tipo de ativo, como por exemplo Grupo 1 para bens imóveis, Grupo 3 para participações societárias e 6 para depósito à vista e numerário;
  • Especifique o país em que o investimento está situado;
  • Informe dados como o número da conta, nome da aplicação e instituição financeira custodiante.

Como declarar investimento no exterior: passo a passo para investimento em pessoa jurídica

Via pessoa jurídica, o processo de declaração é um pouco diferente. Veja a seguir:

  • Na ficha “Bens e direitos” será preciso declarar que há detenção de participação em uma companhia;
  • Na sequência, selecione o grupo 3 “Participações Societárias” e o código correspondente ao investimento.
  • Especifique o país em que o ativo está situado;
  • Declare o valor de aquisição da participação.

Vale ressaltar que para este tipo de declaração não é necessário informar os ganhos da empresa, somente quando houver o recebimento de dividendos.

Como declarar rendimentos de investimento no exterior?

Os rendimentos ou quaisquer outros valores recebidos de fontes do exterior, tais como, trabalho assalariado ou não assalariado, uso, exploração ou ocupação de bens móveis ou imóveis, transferidos ou não para o Brasil, lucros e dividendos, devem ser recolhidos através do Carnê-Leão da Receita Federal.

Ele é um programa que define o pagamento de IR mensal para quem não tem imposto retido na fonte. Com o valor em mãos, é preciso informá-lo na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de PF/exterior.

Porém, para que seja possível fazer apenas a importação dos dados de um programa para outro, é preciso que sejam lançados mensalmente seus ganhos no programa.

Já os rendimentos, auferidos na liquidação ou resgate de aplicações financeiras e os ganhos decorrentes da alienação de bens ou direitos, adquiridos em moeda estrangeira, bem como na alienação de ações e de outros ativos financeiros em bolsa de valores, de mercadorias ou de futuros ou assemelhadas, ou em qualquer outro mercado no exterior, devem ser apurados através do programa Ganhos de Capital (GCAP), pois são considerados como ganho de capital. Mas, há também a possibilidade de fazer a importação dos dados para o site da Receita.

1. Tributação de Rendimentos

Os rendimentos auferidos no exterior seguem a tabela progressiva do Imposto de Renda, que vai de 0 a 27,5%, dependendo do valor recebido. Veja a seguir:

Valor em R$Alíquota %Parcela a deduzir (em R$)
Até R$ 1.903,98
De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,657,5%R$ 142,80
De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,0515%R$ 354,80
De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,6822,5%R$ 636,13
Acima de R$ 4.664,6827,5%R$ 869,36

2. Tributação sobre Ganho de Capital

Já a tributação sobre Ganho de Capital, segue a tabela abaixo da Receita Federal:

Base de Cálculo Ganho de Capital (R$)Alíquota (%)
Até 5 mil15%
De 5 mil até 10 milhões17,5%
De 10 milhões até 30 milhões20%
Acima de 30.000.000,0122,5%

O que significa bitributação ou dupla tributação?

Bitributação ou dupla tributação é o nome dado para o processo quando um investidor precisa pagar impostos tanto no país de origem como no local em que estão os ativos.

Porém, há alguns casos de exceção para que essa dupla tributação não aconteça. Esse é o caso quando o Brasil assina um acordo de reciprocidade com algum país, como por exemplo os Estados Unidos.

Essa é uma boa notícia para muitos brasileiros que alocam capitais em ações, ETFs e investimentos de renda fixa americanos. Porém, vale apenas reforçar que o imposto pago no exterior irá sofrer descontos na hora que for declarado no Brasil.  

Como investir no exterior com o C6 Bank?

Através do C6 Global Invest é possível investir no exterior com o mesmo aplicativo que você movimenta sua conta corrente no Brasil. Nele, você tem acesso a diferentes tipos de investimentos das bolsas americanas, como ações, renda fixa, fundos de investimentos, mutual funds, hedge funds, ADR, ETF e REIT.

O grande diferencial é que o aporte mínimo é de US$ 100 para a primeira remessa. Além disso, há a vantagem da simplicidade tributária, já que o Imposto de Renda é recolhido apenas no retorno do dinheiro para o Brasil.

Agora você já sabe como declarar investimentos no exterior e a tributação que irá incidir sobre os rendimentos. Além disso, pode conferir as vantagens do C6 Global Invest para quem deseja dolarizar a carteira. O próximo passo é se atentar à data da declaração do Imposto de Renda, que deve ser entregue até o dia 31 de maio de 2023.

Leia também:

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Informações sobre os produtos e serviços do C6 Bank vigentes na data da postagem deste texto. As regras e condições de cada produto e/ou serviço podem ser posteriormente alteradas. Consulte os termos vigentes no momento da contratação pelo app.