Leitura de 7 min

Como Declarar Bonificação de Ações No Imposto de Renda 2023?

A bonificação de ações é uma forma de remuneração oferecida por empresas de capital aberto e serve a um propósito similar ao dos dividendos

Atualizado em

imagem com ativos oscilando representando o que é bonificação de ações
A bonificação de ações é um tipo de provento usado para recompensar acionistas de uma empresa

bonificação de ações funciona como um benefício oferecido aos acionistas. A operação costuma sinalizar um bom momento financeiro para a empresa e é uma alternativa para a distribuição de dividendos, modalidade mais conhecida no mercado.  

Pensando na importância dessa prática para os investidores, o C6 Bank preparou este texto. Nele você descobre o que é bonificação de ações e como declará-la no Imposto de Renda. Ao final do post, você terá aprendido:

  • Como declarar bonificação de ações?
  • O que é bonificação de ações?
  • Como a bonificação de ações funciona?
  • Qual a vantagem da bonificação de ações?
  • Como a bonificação de ações influencia o preço médio?
  • É possível calcular o valor de uma bonificação?
  • Como comprar ações para receber bonificação no futuro

Quer ler mais sobre investimentos de renda variável? Então dê uma olhada nessas matérias que separamos para você:  

Como declarar a bonificação de ações?

Para declarar a bonificação de ações, é necessário um dado: o custo da ação. Essa informação é divulgada no fato relevante, documento essencial tanto para acionistas quanto para o mercado de forma geral.

como declarar a bonificação de ações - notebook em cima da mesa com tela aberta apresentando um homebroker
Entenda como fazer a declaração da bonificação de ações.

Com esse valor de custo, o acionista pode seguir o passo a passo:

  1. Acesse a ficha de “Rendimentos isentos e não tributáveis” no imposto de renda;
  2. Em tipo de rendimento selecione o código “18 – Incorporação de reservas ao capital / Bonificações em ações”;
  3. Informe o CNPJ da fonte pagadora (empresa);
  4. Informe o valor de cada uma das ações recebidas e o total ganho por meio da bonificação;
  5. Por fim, escreva “venda residual de ações bonificadas” na descrição.

No entanto, também é necessário inserir dados relativos a esses proventos em outro local. Na ficha de “Bens e Direitos”, com o código “39 – Outras participações societárias”, você precisa informar a posição acionária por meio da inclusão do número total de ações e de quanto foi recebido por bonificação.

O que é bonificação de ações?

A bonificação de ações é um tipo de provento – isto é, uma forma usada por empresas de capital aberto de remunerar seus acionistas. A operação não tem periodicidade definida, mas normalmente é executada quando as contas da instituição apresentam lucro.  

Na prática, a bonificação nada mais é do que um fornecimento gratuito de novas ações para os acionistas. O número de papéis fornecido para cada investidor, por sua vez, é calculado de forma proporcional, com base na quantidade de capital investido.  

Como a bonificação de ações funciona?

Para conceder uma bonificação de ações, a empresa precisa reunir uma assembleia junto ao conselho de acionistas. A partir disso, o número de ações que será concedido e a data em que o benefício será realizado são determinados.

Nessas reuniões também são considerados fatores como o valor unitário de cada ação. Isso é importante não só para caso o sócio decida vender seus papéis, mas para que o acionista consiga informar na declaração do Imposto de Renda o valor da bonificação.

Com tudo definido, a empresa deve então realizar um anúncio para comunicar a operação. Isso é feito porque essa movimentação causa alguns efeitos para o mercado acionário. Todos os acionistas que possuírem ações na data estabelecida pela assembleia, que é chamada de data “ex”, terão direito ao benefício.  

Qual a vantagem da bonificação de ações?

A grande vantagem para o acionista é que, ao receber um número maior de ações para compor sua carteira, ele poderá receber mais dinheiro a longo prazo através de outras formas de proventos, como os dividendos e os juros sobre capital próprio.

Isso porque essas modalidades de remuneração são calculadas de acordo com a quantidade de ações que cada investidor  tem. Adicionalmente, caso a empresa se valorize na bolsa de valores, uma bonificação pode proporcionar ainda mais ganhos.  

A operação também pode ser vantajosa para a empresa: além de aumentar a visibilidade do negócio, a operação é uma forma de oferecer uma remuneração aos acionistas sem perda de capital, o que também aumenta a liquidez dos ativos.

Como a bonificação de ações influencia o preço médio?

O preço médio é a quantia que você pagou, em média, por cada papel de uma determinada empresa que você tem na sua carteira. A bonificação, por se tratar da emissão de novas ações para o investidor, acaba influenciando esse número e levando-o para cima ou para baixo.

Imagine que, antes dos proventos, o preço médio de uma ação seja R$ 30, e que você tenha 1.500 desses ativos. A empresa anuncia, então, que a bonificação será de 10% do montante total, e que cada uma das novas ações terá um preço de R$ 10 cada.

Na prática, é como se você estivesse comprando 150 papéis a R$ 10. O preço médio, portanto, será:

(1500 x 30 + 150 x 10) / 1650 = R$ 28,18

É importante conhecer esse valor porque ele será usado na hora de calcular o Imposto de Renda que incide sobre uma venda, por exemplo. Além disso, permite que você conheça o valor real do seu investimento. Por fim, vale ressaltar também que, caso a nova média seja menor que a anterior, isso também representa aumento de liquidez, o que pode ajudar com novos negócios.

É possível calcular o valor de uma bonificação?

Sim. Como mencionado no tópico anterior, é possível calcular o valor de cada ação por meio de uma média aritmética. Vale notar, no entanto, que as ações são ativos de renda variável cujo preço oscila bastante. Isso significa que a bonificação pode ter, a longo prazo, um valor ainda maior dependendo das movimentações que forem observadas na cotação desses papéis.

Adicionalmente, também é necessário fazer cálculos relativos à bonificação em outro caso, quando há partes fracionárias envolvidas. Imagine, por exemplo, que um determinado investir tinha 27 ações de uma empresa, e que a bonificação anunciada seja de 20%.

Nesse caso, o acionista irá ganhar 5,4 ações novas. Como não é possível fornecer 0,4 ações, o valor dessa fração será creditado em dinheiro. Para isso são realizados leilões para venda desses fracionários de forma conjunta, processo durante o qual se define o valor de cada parte desses papéis.

Como comprar ações para receber bonificação no futuro

Para ter a oportunidade de receber bonificação de ações no futuro, primeiro é necessário comprar papéis. Felizmente, com isso o C6 Bank pode ajudar.

Na nossa plataforma de investimentos, C6 Invest, você consegue fazer o teste suitability para descobrir seu perfil de investidor, bem como comprar ações de forma totalmente independente. Veja o passo a passo a seguir:

  1. Abra nosso aplicativo e, na página inicial, toque em “C6 Invest” no menu da parte inferior da tela;
  2. Selecione “Renda variável” na seção de self-service. Ao escolhê-la você conseguirá ver todo o nosso catálogo da categoria, incluindo ações, fundos imobiliários, ETFs, BDRs e contratos futuros. É possível filtrar ao tocar em “Filtros” na parte superior da tela;
  3. Escolha a ação que quer comprar e decida se ela será ordinária ou preferencial;
  4. Após a seleção, será possível ver o último valor pelo qual o papel em questão foi negociado e a variação sofrida no dia. Tudo certo? Por fim, defina o valor de compra e clicar em “Comprar”. Pronto!

Depois disso, você precisará ficar atento para as datas divulgadas pela empresa para a distribuição de proventos, sejam eles a bonificação de ações ou os dividendos.

Chegamos ao fim deste texto. Esperamos que, após essa leitura, você esteja mais confiante em relação aos seus conhecimentos sobre o que é bonificação de ações, bem como o funcionamento dessa prática e como declará-la no Imposto de Renda.

Quer ler mais conteúdos como esse? Então confira também:

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital, peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Informações sobre os produtos e serviços do C6 Bank vigentes na data da postagem deste texto. As regras e condições de cada produto e/ou serviço podem ser posteriormente alteradas. Consulte os termos vigentes no momento da contratação pelo app.