Leitura de 6 min

O que é infidelidade financeira e como evitá-la?

A infidelidade financeira ocorre quando um dos parceiros omite informações financeiras ou quando uma das partes não cumpre algo que foi acordado; saiba mais

Atualizado em

Homem e mulher olhando com um papel com suas contas do mês para evitar a infidelidade financeira
Descubra abaixo características da infidelidade financeira e como evitá-la.

A infidelidade financeira pode causar danos significativos a um relacionamento, como abalar a confiança e gerar conflitos que podem chegar até mesmo ao divórcio. Este tipo de traição consiste em omitir informações contábeis ao seu cônjuge, não cumprir combinados financeiros ou ainda prejudicar a outra pessoa de alguma forma monetária.

No entanto, com esforço mútuo e comprometimento, é possível resolver essa situação e reconstruir a confiança perdida. Para isso, é necessário uma comunicação honesta e muito planejamento.

Para ajudar você a compreender este assunto de forma aprofundada, o C6 Bank desenvolveu este post para responder as seguintes perguntas:

  • O que é infidelidade financeira?
  • Quais as características da infidelidade financeira?
  • Como evitar a infidelidade financeira?
  • Como resolver a infidelidade financeira?

Gostaria de ler outras matérias relacionadas ao setor de finanças e de segurança? Explore o que separamos para você:

O que é infidelidade financeira?

A infidelidade financeira é um tipo de traição que ocorre quando alguma parte do relacionamento omite informações monetárias da outra ou deixa de cumprir algo que foi acordado previamente.

Para facilitar a compreensão do termo, leia o exemplo a seguir:

O casal tem um combinado de juntar 50 mil até o final do ano para dar entrada em um carro que ambos decidiram comprar, mas ao decorrer do ano, uma parte deixa de guardar a quantia estipulada por gastos excessivos no cartão de crédito.

Vale ressaltar que, isto não significa que você não pode ter sua individualidade, guardar seu próprio dinheiro e comprar o que acha necessário. A infidelidade financeira está ligada ao fato de ir contra os combinados realizados pelo casal e prejudicar a saúde financeira de ambos.

Quais as características da infidelidade financeira?

Existem diversas características que seu par pode adotar e talvez você não consiga perceber que é um sinal de infidelidade financeira. Descubra a seguir alguns exemplos:

  • Mentir valor do salário;
  • Esconder dívidas;
  • Omitir o recebimento de bônus, comissões extraordinárias e promoções;
  • Emprestar um alto valor a um familiar ou amigo sem consultar o parceiro;
  • Utilizar dinheiro destinado ao pagamento de contas para compras pessoais;
  • Fazer empréstimos no banco sem notificar o outro;
  • Omitir compras pessoais e posturas compulsivas.

Além disso, uma pessoa que está cometendo infidelidade financeira no casamento pode demonstrar alguns comportamentos no início. Por exemplo:

  • Esconder recibos de compras;
  • Não conversar ou expor extratos bancários e cartões de crédito;
  • Receber telefonemas, cartas ou mensagens de cobrança de terceiros sem que um dos cônjuges saiba a origem da dívida;
  • Ter conversas que sugerem uma movimentação do patrimônio sem explicar o motivo.

Como evitar a infidelidade financeira?

É possível adotar medidas para evitar a infidelidade financeira e promover uma maior transparência e comunicação saudável nas questões monetárias do casal.

Para auxiliar, separamos algumas dicas a seguir:

Estabeleça uma comunicação aberta

A base para evitar a infidelidade financeira é a conversa sincera entre os parceiros. É essencial discutir abertamente objetivos financeiros, preocupações e prioridades.

Estabeleça um tempo regular para conversar sobre finanças, onde ambos possam compartilhar informações sobre ganhos, gastos, dívidas e metas futuras. Isso ajuda a construir confiança e evita surpresas desagradáveis.

Crie um orçamento em conjunto

O orçamento é uma ferramenta valiosa para evitar a infidelidade financeira conjugal. Façam o planejamento de gastos mensais, incluindo despesas fixas, contas, economias e lazer.

Na criação, leve em consideração as necessidades e desejos de ambos os parceiros. Definir limites claros para os gastos e manter-se dentro desses limites ajuda a evitar comportamentos financeiros irresponsáveis.

Compartilhe responsabilidades financeiras

Distribuir as responsabilidades financeiras entre os parceiros é fundamental para evitar a traição financeira. Ambos devem participar ativamente do gerenciamento das finanças pessoais e do casal, dividir tarefas como pagamento de contas e o controle financeiro. Isso promove um maior envolvimento, além de reduzir as chances de um parceiro ocultar informações.

Estabeleça metas financeiras em conjunto

Definir objetivos em conjunto pode ajudar a fortalecer o relacionamento. Para isso, discutam e definam suas metas financeiras de curto e longo prazo, como economizar para uma casa, planejar férias ou se preparar para aposentadoria.

Como resolver a infidelidade financeira?

A resolução deste problema pode seguir diversos caminhos, tudo vai depender de como seu relacionamento se baseia. Descubra abaixo algumas possibilidades para solucionar a infidelidade financeira:

Admita o problema

Para resolver a infidelidade financeira, é essencial enfrentar a situação de frente e admitir o problema. Ambos os parceiros devem estar dispostos a reconhecer suas falhas, assumir a responsabilidade por suas ações e expressar arrependimento.

Abra um canal de comunicação sincero e construtivo

Após admitir a infidelidade financeira, é crucial abrir um diálogo honesto e construtivo entre os parceiros. Isso envolve expressar preocupações, medos e expectativas em relação às finanças, bem como discutir as razões subjacentes para a traição. Ouvir atentamente um ao outro e demonstrar empatia são aspectos essenciais para resolver o problema de maneira saudável.

Crie um plano de ação financeira

Desenvolver esta estratégia é essencial para resolver este problema. Este plano pode incluir medidas como a consolidação de dívidas, o estabelecimento de um orçamento detalhado, a definição de limites de gastos e a implementação de um sistema de prestação de contas bancárias. O casal deve trabalhar em conjunto para criar e seguir esse plano, mantendo-se responsável por suas decisões financeiras.

Busque aconselhamento profissional

Em certos casos, buscar aconselhamento profissional pode ser benéfico para resolver um problema maior. Um terapeuta ou consultor financeiro pode ajudar o casal a explorar as causas profundas do problema, fornecer orientação especializada e facilitar o processo de reconciliação.

Invista em conjunto para alcançar os objetivos

Se o casal busca realizar algum objetivo em conjunto, nada melhor do que investir o dinheiro e fazê-lo render. No C6 Bank você encontra uma plataforma completa com opções para todos os níveis de investidores.

Descubra a seguir onde é possível investir dentro do C6 Invest:

  • CDBs a partir de R$ 20: todas as opções disponíveis contam com a segurança do Fundo Garantidor de Crédito (FGC);
  • Fundos de investimentos: há opções em renda fixa, ações, cambiais, multimercados e criptomoedas;
  • Renda variável: milhares de ativos entre ações, FIIs, ETFs e BDRs sem taxa de corretagem ou de custódia;
  • Previdência privada: ideal para planejar a aposentadoria em conjunto. Além disso, conta com um simulador que mostra quanto é preciso investir para receber a renda mensagem que deseja.

Agora você sabe o que é infidelidade financeira, quais são suas características e como resolver esta traição. Fique atento nas finanças de seu lar e tente estabelecer uma relação que seja o mais transparente possível com o seu parceiro.

Leia também: Onde investir 100 mil: veja opções de investimento rentáveis

Ainda não está usando o C6 Bank? Baixe o app, abra sua conta digital , peça seu cartão sem anuidade (sujeito a análise) com a cor que quiser e aproveite um banco completo com tudo em um só app.

Informações sobre os produtos e serviços do C6 Bank vigentes na data da postagem deste texto. As regras e condições de cada produto e/ou serviço podem ser posteriormente alteradas. Consulte os termos vigentes no momento da contratação pelo app.